quarta-feira, 8 de julho de 2020

O homem também pode ser vítima de relacionamento abusivo


Tenho uma notícia para você: relacionamentos abusivos também podem partir do lado feminino. Os homens nem sempre são os vilões. 

Assim como existe homens canalhas, também há mulheres pilantras. A sociedade tem o hábito de romantizar mulher surtada, ciumenta e controladora. Se ela ameaça o homem com uma faca dizendo que ele não assistirá futebol ou o proíbe de ver os amigos, fazem memes, riem e debocham... se o homem faz o mesmo com a sua companheira, correm para a delegacia da mulher ou para fazer textão na internet.

Muito além da violência física, tem também a psicológica. Cansei de ver mulheres espertinhas usando da condição de fragilidade de homens apaixonados para usá-los em seu benefício. Já li livros e mais livros (as vezes escritos por homens) ensinando a mulher a como reconhecer um canalha, como se isso fosse exclusividade do mundo masculino. 

Lamento informar: mulher também sacaneia, mulher também é tóxica, mulher também é vilã.

É claro que diante das diferentes características físicas entre os sexos,  é desproporcional uma agressão física partindo de uma mulher para um homem. Porém, na maioria das vezes, as mulheres usam de pressão psicológica, calúnia e difamação, que por muitos ainda são atitudes vistas como “brincadeira”.

Mulher também ameaça, ilude, também critica em vez de elogiar, também menospreza o companheiro até rebaixá-lo, também acaba com sua autoestima.

Hoje, infelizmente, ninguém é vítima e todo mundo é vítima ao mesmo temo. É a geração do desapego. Todos magoam, todo mundo tem vários contatinhos. E, no fim, todo mundo está sozinho. Cada um torcendo para mostrar que se importa menos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário