terça-feira, 14 de julho de 2020

Masculinidade: menino de 6 anos salva a irmã de ataque de cachorro


Esse menino se chama Bridger Walker, ele tem seis anos e pulou na frente de um cão raivoso para salvar a vida de sua irmãzinha: "Se alguém tivesse que morrer, eu pensei que deveria ser eu", disse ele.

Observe: o rosto da menina está intocado, perfeito, sem um arranhão. Enquanto o menino está com metade da face tomada de cicatrizes e hematomas. Ele levou um total de 90 pontos. Isso se chama coragem, masculinidade. 

O instinto do homem é proteger; da mulher, ser protegida. O do homem é caçar; da mulher é cuidar dos filhos. Isso é biologia, ciência, e não há feminismo que consiga mudar isso.

Aos homens chorões, desavisados e "feministos" aí vai um recado: várias pesquisas concluíram que a mulher/fêmea prefere o macho mais forte, com cicatrizes, mãos grossas e ombros largos porque ele, teoricamente, terá mais condições de garantir e proteger sua família. Isso explica o fetiche de mulheres por homens fardados, fortes, armados e que sabem se impor.

Uma sociedade com homens castrados e dóceis é uma sociedade arruinada.

Por mais machos como Bridger que, tão pequeno, já pode ser chamado de Homem!

3 comentários:

  1. Esperando para amanhã a Fátima Bernardes pagar um pau pra virilidade desse garoto. SQN !

    ResponderExcluir
  2. Que mané masculinidade e virilidade, para de falar merda porraaaaaa

    ResponderExcluir