quinta-feira, 16 de maio de 2019

Efeito Paulo Freire: protesto pela "educação" é recheado de erros de português

Encontre o erro.

Esta quarta-feira (15) foi marcada por manifestações em diversas cidades do país. Os estudantes universitários alegaram que estavam nas ruas contra o bloqueio de recursos para a educação anunciado pelo MEC, mas o que realmente chamou a atenção foram os erros de português nos cartazes desses alunos tão preocupados com o futuro do país.

Encontre o erro - parte 2.

Não é a toa que o presidente Jair Bolsonaro afirmou: "a maioria ali é militante, não tem nada na cabeça, se perguntar quanto é 7x2 eles não sabem, se perguntar a fórmula da água eles não sabem. São uns idiotas úteis, uns imbecis que estão sendo utilizados como massa de manobra..." 



Encontre o erro - parte 3.


Encontre o erro - parte 4.



Encontre o erro - parte 5.
Obs.: Esse cartaz é de outra manifestação.




Ou para os manifestantes voltarem para a alfabetização?

Esses analfabetos funcionais que foram às ruas são os mesmos que matam aula para fumar maconha, que chegam atrasados nas aulas, mas chegam cedo para a chopada, os mesmos que desrespeitam o professor e até o agridem quando ele tem uma opinião diferente, os mesmos que dizem ser contra ditadura, mas apoiam Che Guevara, Maduro e Fidel Castro, são os mesmos que acham um absurdo gastar R$ 80,00 em livro, mas gastam R$ 200,00 em uma balada. São os mesmos que clamam pela educação e deixam a rua assim ao final do protesto: 



Só a educação "trazerá" crescimento, mas, por enquanto, só "trazeu" militantes analfabetos mesmo.



9 comentários:

  1. Se você soubesse o ódio que tenho deste comunista desgraçado. Houve mais erros viu? Eu salvei todos os erros da pátria educadora

    ResponderExcluir
  2. Em diversos lugares houve "pausa nos protestos" para fumarem maconha

    ResponderExcluir
  3. "Efeito Paulo Freire" Santa ignorância de quem nem sabe quem foi Paulo Freire, mas adora dar pitaco!

    ResponderExcluir
  4. Acho hilária essa garotada jovem, desinformada, arrogante, que não lê, não sabe, mas sabe dar opinião. Que se transveste de "liberal" mas defende políticos autoritários e burros como Bolsonaro e acha que receber curtidas é importante só pq tem um rostinho bonito e fala besteira para os outros desinformados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Burro é quem defende Luladrão e Dilmata! Gentalha totalmente desinformada e sem a mínima capacidade de raciocínio!

      Excluir
  5. Seria cômico se não fosse trágico

    ResponderExcluir
  6. disseminadora de fakenews... imagens totalmente manipuladas... bloguezinho de merda.

    ResponderExcluir
  7. Paulo Freire. Quem mais defende é certamente quem menos o conhece ou leu. Se a criatura é difícil de entender, para quem tem o hábito de ler e escrever imagina para analfabetos funcionais. Paulo Freire é um péssimo escritor além de plagiador. Aprofundem um pouquinho, que tem cultura para tanto, e verão a pessima qualudade dos seus textos. E o resultados de sua aplicação, um dos 5 piores países do mundo em matéria de Educação. Falta de recursos ? Falácia. Examinem os custos per capita(por aluno) no Brasil. Está entre os melhores do mundo. Verifiquem. Altos custos por aluno e piores resultados - Efeito Paulo Freire sim.

    ResponderExcluir