segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Associação Médica Brasileira alerta sobre o perigo de performance de homem nu com criança


Enquanto artistas globais se unem para fazer vídeos apoiando a performance bizarra do Museu de Arte Moderna de São Paulo, a Associação Médica Brasileira lançou uma nota numerando os perigos de expor uma criança a um homem pelado. É triste que a associação tenha que falar o óbvio, mesmo assim ela resolveu se unir a maioria do povo brasileiro e lançar essa nota. 

Recomendo curtidas e mensagens de elogios à iniciativa da AMB.



"Com relação à La Bête, recentemente encenada no Museu de Arte Moderna de São Paulo, a Associação Médica Brasileira (AMB) vem a público fazer um alerta:
– Não consideramos a performance adequada, pois expõe nudez de um adulto frente a crianças, cuja intimidade com o corpo humano adulto, de um estranho, pode não ser suficiente para absorver de forma positiva ou neutra essa experiência.
– Evidências científicas comprovam que situações de nudez, contato físico e intimidade com o corpo são próprias do desenvolvimento humano, mas positivas, desde que ocorram entre pessoas com perfis equivalentes, quanto à idade, maturidade e cultura. Ou entre adultos e crianças cujo vínculo e convivência cotidiana definem esta experiência, de forma natural e sem caráter exploratório previamente determinado.
– Do ponto de vista do adulto (que se apresenta nu e disponível para contatos físicos com crianças) não se consegue alcançar o mérito dessa proposta e/ou sentido artístico, educativo desse roteiro teatral.

Recomendamos que pais e educadores se disponham a trabalhar a sexualidade de seus filhos e alunos, para lhes oferecer a melhor educação sexual, e os prevenir de situações inadequadas, as quais podem ter repercussões imprevisíveis, dependendo da vulnerabilidade emocional de cada criança ou púbere, mais até do que da intensidade da experiência.

Associação Médica Brasileira"