quinta-feira, 19 de outubro de 2017

As 45 metas comunistas escritas em 1960 que estão se cumprindo hoje





Não é teoria da conspiração. Essas metas foram retiradas do livro The Naked Communist (o comunista nu) escritas no ano de 1960 pelo ex-agente do FBI, Cleon Skousen.

A partir dos anos 60, ficou óbvio para os comunistas que eles não conseguiriam dominar o mundo por meio da guerra. Então, bolaram um plano de infiltração social, uma guerra psicológica a fim de destruir a família e os valores tradicionais. Vou deixar algumas das metas comunistas escritas abaixo e pense se esses objetivos foram ou não atingidos. Caso queira ver as 45 metas descritas no livro clique aqui.


3. Desenvolver a ilusão de que o desarmamento total seria uma demonstração de força moral. 





Lembre-se: antes de mandar matar judeus e todos os seus opositores, Hitler fez o que era lógico, desarmou a população com a justificativa falsa de que uma população desarmada é uma população segura. Sem armas não há como resistir à tirania.

4. Permitir o livre comércio entre todas as nações, independentemente da filiação comunista e independentemente de haver ou não itens que poderiam ser usados ​​para a guerra.

A expressão "Made in China" te lembra algo?



11. Promover a ONU como a única esperança para a humanidade. Se a sua carta régia for reescrita, exigir que lhe seja instituída como governo mundial com suas próprias forças armadas independentes. 

Você sabia que a ONU tem seu próprio exército?


12. Resistir a qualquer tentativa de proibir/ilegalizar o Partido Comunista

Os partidos socialistas/comunistas estão firmes e fortes no Brasil, nos Estados Unidos e no mundo. 

17. Obter o controle das escolas. Usá-las como canais de transmissão para o socialismo e propaganda comunista atual. Suavizar o currículo. Obter o controle de associações de professores. Colocar a ideologia do partido nos livros didáticos.





Você não acha que a grade curricular enfraqueceu nesses 50 anos?

18. Ganhar o controle de todos os jornais estudantis.
19. Usar as manifestações de estudantes para fomentar protestos públicos contra programas ou organizações que atacam comunistas.





20. Infiltrar-se na imprensa. Obter o controle na tarefa de revisão dos livros, nos editoriais e as posições de tomada de decisões.

21. Ganhar o controle de posições-chave no rádio, TV e cinema.

22. Continuar desacreditando a cultura através da degradação de todas as formas de expressão artística. Eliminar todas as boas esculturas de parques e edifícios, substituindo-as por outras disformes, inábeis e com formas sem sentido.

23. Controlar os críticos de arte e diretores de museus de arte. “Nosso plano é promover a feiúra, a arte repulsiva sem sentido”.




Você, com certeza, já percebeu como o nível da música caiu nesses últimos anos. E também já percebeu como e a arte está disforme e completamente sem sentido.

Tão sem sentido que um menino deixou seu óculos no chão de um museu e as pessoas pararam para admirá-lo achando que fazia parte da exposição.


Tão sem sentido que uma faxineira confundiu "arte" com lixo e jogou fora.


24. Eliminar todas as leis de obscenidade, chamando-as de “governo da censura” e uma violação da liberdade de expressão e liberdade de imprensa.



25. Quebrar os padrões culturais da moralidade através da Promoção da pornografia e obscenidade em livros, revistas, filmes, rádio e TV.

Essa não preciso nem comentar. As novelas, filmes, revistas estão repletos de mensagens sexuais.
26. Apresentar a homossexualidade, a degeneração e a promiscuidade como algo “normal, natural e saudável”.
]


27. Infiltrar-se nas igrejas e substituir a religião revelada com a religião “social”. Desacreditar a Bíblia e enfatizar a necessidade de maturidade intelectual que não precisa de uma “muleta religiosa”.

Já percebeu quantos cristãos se declaram comunistas hoje em dia e pregam mais a ideologia de esquerda do que a própria bíblia? E já percebeu quantos vídeos anti-religiosos há na internet?



28. Eliminar a oração ou qualquer fase da expressão religiosa nas escolas sobre o fundamento de que viola o princípio da “separação entre Igreja e Estado”.
38. Transferência de alguns poderes de prisão da polícia para entidades sociais. Tratar todos os problemas de comportamento como distúrbios psiquiátricos dos quais ninguém, exceto psiquiatras, conseguem entender ou tratar.

Quantos delinquentes foram soltos porque alegaram insanidade mental?


39. Dominar a profissão psiquiátrica e usar as leis de saúde mental como um meio de ganhar controle coercivo sobre aqueles que se opõem aos objetivos comunistas.

As técnicas de manipulação mental e os experimentos de controle mental da CIA são ótimos exemplos.
40. Desacreditar a família como uma instituição. Incentivar a promiscuidade e o divórcio fácil.




Você tem visto a família ser atacada por toda parte? E o número de divórcios aumentos?
41. Ressaltar a necessidade de educar os filhos longe da influência negativa dos pais. Atribuir preconceitos, bloqueios mentais e retardo de crianças à supressão da influência dos pais.


Já ouviu falar no serviço de proteção à criança? Já ouviu perto de você ou na internet pessoas afirmando que a criança não pertence à família? 

O que você acha de todas essas metas escritas no século passado? Estão se cumprindo? É coincidência? Acho que não...