quinta-feira, 26 de outubro de 2017

#3 - Pé na porta: Técnica de manipulação psicológica usada nas escolas


Esse artigo é o terceiro de um conjunto de textos onde mostro as técnicas de manipulação psicológica usadas nas escolas. A primeira técnica apresentada foi Submissão à Autoridade e a segunda Conformismo.

Uso como base principal o livro Maquiavel Pedagogo de Pascal Bernadin. O livro reúne documentos da própria UNESCO (por imposição da ONU) que mostram as técnicas de manipulação psicológicas usadas nas escolas do mundo inteiro há mais de 40 anos com o objetivo de mudar as atitudes e valores tradicionais da sociedade diminuindo até anular a influência da família. Obviamente a vítima não percebe que está sendo manipulada principalmente as crianças, por isso fica fácil usá-las nas escolas. A maioria dos professores de hoje não percebem que as usam porque eles também foram manipulados.






TÉCNICA: PÉ NA PORTA

Essa experiência mostra que se você quer que a pessoa lhe faça um grande favor, uma estratégia boa é pedir-lhe primeiramente um pequeno favor, ou seja, se oferece algo mínimo (ato aliciador) para conseguir algo maior (ato custoso).

EXPERIÊNCIA

Uma equipe de telemarketing liga para donas de casa e pede para responderem 20 questões sobre um produto. Como são muitas perguntas, e a pesquisa é longa e cansativa apenas 22% das pessoas aceitam.

Então, a equipe muda de tática.

Eles ligam e pedem para as pessoas responderem apenas 8 questões, 52% aceita. Três dias depois, eles ligam novamente solicitando que respondam 20 perguntas. 

RESULTADO

As pessoas que inicialmente responderam as oito, sentem-se psicologicamente presos a responderem as 20.


                                                                    

COMO AS TÉCNICAS SÃO USADAS NA NOSSA REALIDADE

Lembra da polêmica exposição do Santander em Porto Alegre? Tudo parecia uma "inocente" exposição (ato aliciador), pais levaram seus filhos, professoras levaram seus alunos, crianças por todo o lado observaram quadros que mostravam pedofilia, zoofilia, heresias e terminou com várias pessoas defendendo a pedofilia (ato custoso).

Esse print foi tirado do meu canal do youtube. A autora do comentário o apagou depois de várias pessoas a criticarem.

Ato aliciador: exposição no museu
Ato custoso: defender a pedofilia