segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Não foi o MBL, foi o povo brasileiro

A mídia brasileira mal caráter e esquerdistas militantes afirmaram que, graças a protestos do grupo MBL (Movimento Brasil Livre), a exposição desrespeitosa do Santander Cultural foi cancelada.




Desde quando o MBL tem força para isso? O povo brasileiro indignado denunciou a exposição e o MBL participou junto. Nada além disso. Eles não realizaram absolutamente nada sozinhos. Nem poderiam. A exposição foi cancelada por causa da revolta do povo brasileiro, nossa voz foi ouvida, o boicote deu seu recado. A pressão veio de diversos grupos da sociedade, não foi nenhuma organização e nenhum grupo político. Foi a população, foram indivíduos, pessoas normais que simplesmente cansaram dessa agenda progressista, desse desrespeito ao Cristianismo, dessa propaganda à pedofilia e à zoofilia disfarçados de arte.



O povo acordou e se manifestou.

A mídia quer fazer parecer que foi apenas um grupinho de pessoas que se indignou, quer fazer parecer que foi minoria. Poupem seus esforços. O povo brasileiro não é idiota. 

Eu não faço parte do MBL, não sou filiada a nenhum partido e fiquei indignada com a exposição. Meus amigos e minha família também. Não adianta colocar a culpa do fechamento da exposição em A ou B.

Não foi o MBL, foi o Brasil.