segunda-feira, 25 de setembro de 2017

Motivos para acabar com o MEC


O MEC já começa errado pelo nome: Ministério da Educação

É preciso deixar claro, desde o início, que professor não é educador. Educadores são os pais, a família. Professor é, no máximo, instrutor. Na verdade, o melhor nome para o MEC seria: Ministério da Educação Comunista porque, apesar de ser claro que educação é papel da família, o governo brasileiro vem tentando educar nossas crianças com seus valores e suas ideologias através de seus professores e livros obrigatórios, procurando de qualquer forma anular a influência e a autoridade da família. 

O MEC não serve para nada de bom. 






No Brasil, a melhor maneira de fazer com que a pessoa fique burra ou inculta é mandando-a para a escola, sobretudo para a faculdade. Se a pessoa não se blindar durante todo o tempo na faculdade, ela sai com o diploma de seu curso e outro diploma de idiota útil. Padrão MEC.

É óbvio que o MEC não se preocupa com o conhecimento. Essa organização criminosa, que mata a inteligência, se preocupa com a formação de militantes para a causa revolucionária, entre outras palavras, para o socialismo. Não é a toa que o PT nomeou Paulo Freire como o patrono da educação brasileira. Um homem que dedicou sua vida a escrever livros que ensinam os professores a como fazer seus alunos se tornarem militantes para a causa marxista.

Feitos do MEC:

- Gastou 1,9 milhão com o kit gay.
- Gastou 1,8 milhão em campanha publicitária em favor da medida provisória que prevê a reforma do ensino médio.
- Tornou o Brasil uma vergonha mundial e colocou os alunos brasileiros nos últimos lugares no ranking mundial da educação.
- E tem muito mais...

O problema não é falta de investimento, já que o Brasil é um dos países que mais investe dinheiro em educação no mundo. O problema principal é sua inutilidade e o desserviço que oferece à população. 

A educação escolar deveria estar nas mãos dos municípios. Cada um responsável pela educação do lugar que faz parte.

O MEC não tem jeito, está tomado por vermelhos.