Facebook

sexta-feira, 5 de maio de 2017

Atentado terrorista em São Paulo é ignorado pela mídia brasileira


Não é novidade. A mídia brasileira e políticos de esquerda têm uma tara impressionante por terroristas e bandidos. É uma vontade inexplicável de encobrir atos desumanos e perversos cometidos por esses grupos de pessoas. 

Quando um grupo terrorista, por exemplo, matou e feriu várias pessoas em Escoltomo, o título que o jornal O Globo colocou foi: “Veículo atropela pessoas em Escoltomo; polícia fala em 2 mortos e vários feridos”

(imagem retirada da página caneta desesquerdizadora)

É impossível ver o nome dessa reportagem e não pensar: Veículo? Então foi um Transformers? 

E quando terroristas islâmicos jogaram bombas numa igreja cristã no Egito e declararam através de sua agência oficial (Amaq) que eles eram os autores do crime? Mais uma vez a mídia tentou abafar a situação com o seguinte título: “Explosões em igrejas cristãs deixam dezenas de mortos e feridos no Egito”. 


(imagem retirada da página caneta desesquerdizadora)

Explosões... como se fosse um acidente, uma explosão de botijão de gás, por exemplo. 

É ridículo, mas é real.

Diante de tanta vista grossa da mídia brasileira para com os atentados terroristas ao redor do mundo, é óbvio que com São Paulo não seria diferente.

O grupo Direita São Paulo organizou uma passeata na Avenida Paulista contra a Lei de Migração aprovada no Senado e foram surpreendidos com bomba. Dois dos responsáveis pelo atentado eram palestinos, um deles sequer fala português. Além disso, mulheres e idosos foram covardemente agredidos.

Eis o ponto crucial da questão migratória, - escreveu Davi Vieira em seu post no facebook - os multiculturalistas defendem as "liberdades" de imigrantes que nem sempre estão dispostos a respeitar as liberdades fundamentais dos cidadãos nativos que são previstas em lei, como a de manifestação e a de expressão. Mais um duro golpe contra a democracia brasileira, que cambaleia junto às cordas. 

Apesar de tentarem de todas as formas enfiar em nossas cabeças que o Islamismo é a religião da paz, está claro que isso não é verdade. E essas palavras saíram da boca do próprio líder dos muçulmanos:

Assista os vídeos e tire suas próprias conclusões:






 Qual a sua opinião? Por que a mídia encobre tanto os atos terroristas?

Um comentário:

  1. A mídia se dispõe de uma forma tão "imparcial" de divulgar certas notícias que chega a me dar náuseas... Mas, observando essa lei de imigração e levando em consideração o radicalismo islâmico ( friso aqui, a doutrina em si) percebe-se que a clara intenção é causar o caos. O islamismo é lavagem cerebral, os adeptos à isso, em minha opinião, ou são hipócritas ou são assassinos.

    ResponderExcluir